Museus e Teatros

O Museu Ibérico da Máscara e do Traje

O Museu Ibérico da Máscara e do Traje, situado na rua principal da Cidadela, inaugurado a 24 de Fevereiro de 2007, é um espaço de divulgação das tradições relacionadas com as Máscaras do Nordeste Transmontano e da região de Zamora (parceria entre o Município de Bragança e a Diputación de Zamora).

O seu objetivo primordial consiste na dinamização cultural de uma região do interior peninsular e evidenciar um elemento cultural único, as máscaras, presente nas conhecidas “Festas de Inverno”, que servem de ponto de partida para todo um conjunto de atividades de cariz etnográficas, direcionadas não só para as regiões envolvidas no projeto mas principalmente para as que não lhe são diretamente ligadas.

As Festas de Inverno são manifestações culturais, transmitidas ao logo dos tempos de forma oral, convertendo-se em costumes, tradições e estilos de vida específicos desta região transfronteiriça. Incluem rituais milenares, passados de geração em geração, unindo o passado e o presente de forma singular e contribuem para o conhecimento de uma região que ultrapassa as limitações geográficas. Constituem, inequivocamente, um importante e forte traço diferenciador de uma identidade própria, única, representando, assim, um valioso património cultural que se circunscreve em âmbitos territoriais supranacionais.

Neste museu, estão expostas máscaras, trajes, adereços e objetos usados nas “Festas de Inverno” em Trás-os-Montes e Alto Douro e nas “Las Mascaradas de Invierno” da região de Zamora.

O Museu Ibérico da Máscara e do Traje nasceu num contexto de aposta na temática da máscara como elemento identificador de uma região que, ainda, mantém as suas características e as suas tradições.

Contactos
Museu Ibérico da Máscara e do Traje

Rua D. Fernão “O Bravo”, 24/26
5300-025 Bragança

tel. (351) 273 381 008
Horário

Terça-feira a domingo

09h00 – 13h00 | 14h00 – 17h00

Encerra à segunda-feira
(excepto segunda-feira de carnaval) 

Anualmente encerra nos dias:
1 de janeiro, 1 de maio, domingo de Páscoa, 22 de agosto e 25 de dezembro

 

 

Centro de Arte Contemporânea Graça Morais

O Centro de Arte Contemporânea Graça Morais tem como missão sensibilizar e promover o conhecimento da arte contemporânea, nacional e internacional, em geral, e da obra da pintora Graça Morais, em particular. A sua dinâmica assenta num programa de exposições temporárias, colectivas e individuais, reforçado por outras iniciativas de âmbito pluridisciplinar, nomeadamente através da organização de programas pedagógicos capazes de promover, ampliar e fidelizar públicos interessados na arte contemporânea e de originar uma relação estreita com a comunidade local.
O Centro de Arte tem ainda como objectivo a constituição de uma colecção de arte, feita a partir de doações, obras em depósito ou de aquisições directas.

Contactos

Telefone: (351) 273 302 410
E-mail: centro.arte@cm-braganca.pt

https://centroartegracamorais.cm-braganca.pt/

Horário do Centro de Arte e Cafetaria

Aberto de terça-feira a domingo: 10h00 – 18h30.
Encerra semanalmente à segunda-feira.
Encerra anualmente nos seguintes dias: 1 de janeiro, 1 de maio, domingo de Páscoa, 22 de agosto e 25 de dezembro.

Tarifário

Taxas de visita

2,12€ – por pessoa
1,06€ – com cartão estudante / cartão jovem
1,06€ – maiores de 65 anos
1,06€ – por pessoa em grupo organizado (mínimo 10 pessoas)
1,06€ – pessoas portadoras de deficiência
Gratuito – crianças até 10 anos
Gratuito – manhãs de domingo, até às 12h30
Gratuito – Dia Internacional dos Museus (18 de maio), Dia Internacional da Criança (1 de junho) e Dia Internacional da Juventude (12 de agosto)

 

 

0Shares

Deixe uma resposta